Monumento Natural Salto São João (MNSJ)

Horário de Atendimento:
De quarta-feira a segunda-feira das 9h às 16h

Chefe da Unidade
Juarez Baskoski

Contato:
E-mail: secretaria.turismo@prudentopolis.pr.gov.br
Telefone; (42) 3446-3946

Como Chegar:
Os principais acessos à Prudentópolis, município sede da UC, se dão pelas rodovias BR 277 e BR 373. A partir da sede do município há três caminhos que levam à UC, com trechos asfaltados e com calçamento ou estrada de chão

Localização:
Município de Prudentópolis

 

O Monumento Natural Salto São João fica a 22 km do Centro de Prudentópolis, em uma área de 15 alqueires que impressiona pela beleza cênica. No meio de uma floresta de araucárias bem preservada, surge uma cachoeira com grande volume de água, com uma queda de 84 metros de altura e segue pelo Rio São João. A criação do Monumento Natural do Salto São João tem o objetivo de garantir proteção integral ao remanescente de Floresta Ombrófila Mista (Floresta de Araucárias), flora, fauna e recursos hídricos, em especial a cachoeira e os paredões e demais recursos ambientais protegidos e seu entorno que formam um cânion de 84 metros de altura e está situado no Rio São João. O Rio São João é um dos rios que compõem a Bacia do Rio Ivaí, com 56 km de extensão dentro do município. É um dos principais rios de Prudentópolis e ao longo do seu leito existem quedas d'água e locais utilizados para lazer. O local possui estacionamento com capacidade para 54 veículos leves e quatro ônibus. Um centro de visitantes de 453 metros quadrados, com anfiteatro, banheiros, lanchonete e loja de artesanato. A Gestão da Unidade é compartilhada, entre o Instituto Ambiental do Paraná e a Prefeitura Municipal de Prudentópolis.

TERRA DAS CACHOEIRAS – Prudentópolis é conhecida como terra das cachoeiras gigantes. São mais de cem quedas com alturas que variam de 80 a quase 200 metros. O objetivo do Governo do Estado e da prefeitura de Prudentópolis é valorizar o turismo na região, explorando esse potencial natural.

 

Salto São João
Queda de água de 84 metros situada no Rio São João no meio de uma mata de araucárias bem preservada de araucárias, o seu entorno forma um cânion, cujo pode ser observado no mirante do Parque.

Grupos maiores de 15 pessoas precisam agendar a visita junto à Secretaria Municipal de Turismo de Prudentópolis com antecedência mínima de dois dias úteis.

O Monumento possui um estacionamento com capacidade para veículos leves e ônibus, um centro de visitantes de 453 metros quadrados, com anfiteatro, banheiros, lanchonete e espaço para comércio.

Recomendações

  • Repelente, protetor solar e roupas confortáveis são essenciais;
  • Use calçados sempre fechados e confortáveis;
  • Comida e água são importantes (mas lembre-se de trazer todos os resíduos de volta, incluindo os resíduos orgânicos, a exemplo de cascas e sementes de frutas);
  • Contribua com a conservação do Monumento Natural Salto São João andando somente pelas trilhas sinalizadas e locais de descanso permitidos;
  • Procure andar sempre em grupos pequenos;
  • Procure andar em silêncio, contemple a natureza, tire apenas fotografias;

Recomendações acerca do Coronavírus

  • É obrigatório uso de máscara nas embarcações, trilhas, restaurantes e espaços comuns nas pousadas e campings;
  • Utilizar máscara cobrindo boca e nariz, apenas tocar no elástico da máscara quando necessário;
  • Manter higiene das mãos e máscaras;
  • Trocar as máscaras a cada duas horas ou quando necessário;
  • Manter o distanciamento social possível e evitar aglomerações;
  • Não compartilhar copos e utensílios pessoais com outros grupos, sem a higienização necessária

Atividades proibidas:

  • Ingresso de animais domésticos;
  • Fumar;
  • O consumo de bebidas alcoólicas;
  • Acampar
  • O uso de equipamentos que causem distúrbios sonoros na área;
  • Qualquer tipo de comércio ambulante na área do Parque;
  • Andar de carro ou moto fora do estacionamento;
  • O abandono de lixo, detritos de qualquer natureza ou outros materiais que maculem a integridade paisagística sanitária ou cênica da área;
  • Sair fora das trilhas previamente demarcadas e sinalizadas;
  • A prática de atos que possam provocar incêndios na área (fogueiras e churrascos);
  • Porte de facas, facões, foices, assim como de quaisquer outras ferramentas manuais de corte, armas de fogo, motosserras e equipamentos que causem distúrbios sonoros na área;
  • Coletar, depredar, entalhar e desgalhar as espécies arbóreas mantidas nas diversas áreas do Parque;
  • Caçar, pescar, coletar e apanhar peças do meio físico e de espécimes da flora e da fauna em todas as zonas de manejo, ressalvadas aquelas com finalidades científicas, desde que autorizadas pelo IAT - Diretoria do Patrimônio Natural (DIPAN);
  • A entrada de pessoas, veículos e equipamentos dentro do Parque não autorizados pelo IAT;
  • Alimentar e assustar os animais.

Para sua segurança:

  • Cadastre-se. O cadastro é sua garantia de socorro numa emergência;
  • Evite tanto caminhar sozinho, como em grupos muito grandes;
  • A visita ao Parque é realizada por trilhas. Evite danos ao meio ambiente não saindo das trilhas indicadas;
  • Em caso de acidente, procure avisar a administração do Parque o mais rápido possível;
  • Obedeça a sinalização e a orientação dos funcionários e voluntários.

O cadastro deve ser preenchido na chegada à Unidade de Conservação, para segurança do visitante e para a gerência do Parque elaborar estatísticas de atividades, acesso, procedência, faixa etária, etc.