Fiscais do IAT identificam corte ilegal de árvores nativas no Sul do Estado
23/03/2021 - 14:39

O órgão apreendeu tábuas e toras de espécies nativas e também uma serraria móvel. O proprietário se apresentou ao Escritório Regional do IAT nesta segunda-feira para receber a autuação pelas infrações ambientais.

 

Uma operação ilegal de corte de árvores nativas foi deflagrada pela equipe de fiscais do Instituto Água e Terra (IAT) do Escritório Regional de União da Vitória, no Sul do Estado. A atividade foi encontrada durante fiscalização de rotina na área rural do município de Antônio Olinto.

Cerca de seis metros cúbicos de madeira foram apreendidos, entre tábuas e toras de pessegueiro bravo, imbuia e pinheiro, além de uma serraria móvel.

De acordo com a chefe regional do Escritório do IAT de União da Vitória, Daniela Nicole Ferreira, o proprietário foi notificado e se apresentou na unidade para recebere o termo de autuação.

“O proprietário se apresentou ao Escritório Regional nesta segunda-feira e irá receber autuações referentes ao uso de serraria móvel e ao desmatamento ilegal de madeira nativa”, afirmou.

SERRARIA MÓVEL – A Portaria IAP nº 197/2008 proíbe o uso de serraria móvel ou equipamento similar para transformação de matéria-prima de origem florestal em madeiras destinadas para construção civil e outros usos, com origem de florestas nativas ou de plantios florestais de qualquer espécie.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em:
www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo/

Últimas Notícias