Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos do Estado do Paraná

 O Relatório Conjuntura dos Recursos Hídricos do Estado do Paraná é uma referência para o acompanhamento sistemático dos recursos hídricos no estado, por meio de um conjunto de indicadores e estatísticas sobre a quantidade, a qualidade e os usos da água, bem como sua gestão.

O Estado do Paraná destaca-se como o primeiro estado do Brasil a elaborar esta publicação.
 

Capa do Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos do Estado do Paraná

 

  Relatório de Conjuntura dos Recursos Hídricos do Estado do Paraná   

I - O Ciclo da Água e o Conjuntura

A água que chega até nós possui uma dinâmica contínua que, depois de passar por mudanças em seu estado físico, permite sua permanência no ambiente.

A isso chamamos Ciclo Hidrológico.

II - Quantidade e Qualidade da Água

O volume de água disponível para uso na natureza está diretamente ligado à quantidade, em si, e às condições de qualidade que ela apresenta, associada aos usos pretendidos.

É de suma importância conhecer essa disponibilidade hídrica para planejar o desenvolvimento das cidades e regiões. O capítulo 2 traz uma discussão sobre esse assunto e apresenta de que forma se dá o monitoramento de quantidade e qualidade da água no Estado do Paraná.

III - Usos da Água

A atividade humana e os diversos setores da economia moderna demandam recursos hídricos e utilizam a água de forma heterogênea.

Este terceiro capítulo apresenta os principais usos da água existentes no Estado do Paraná.

IV - Gestão da Água

A gestão é o processo pelo qual são estruturadas e organizadas as atividades e a participação social para o controle e a regulamentação do uso da água.

O quarto capítulo deste relatório traz um apanhado da Gestão de Recursos Hídricos no Estado do Paraná, seus instrumentos, desafios e resultados alcançados.

V - Segurança Hídrica

Embora diversas ações de Gestão de Recursos Hídricos estejam em curso, alterações no ciclo da água impõem grandes desafios à gestão durante períodos de escassez. Essas alterações podem decorrer tanto de mudanças no clima como aumento contínuo das demandas.

Este capítulo traz informações sobre os eventos mais comuns no Paraná e as medidas adotadas pelo Estado para planejar e promover ações com foco na segurança hídrica, de forma a prevenir ou minimizar os efeitos de secas e inundações.

IV - Lições e desafios
 

Esta publicação teve o apoio técnico e financeiro da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) como parte do Projeto “Aperfeiçoamento de Ferramentas Estaduais de Gestão de Recursos Hídricos no Âmbito do Progestão”, coordenado em parceria entre ambas as instituições.