​Instituto Água e Terra identifica pesca irregular na Represa do Capivari Cachoeira
16/02/2021 - 15:16

Os cinco dias de operação de resultaram na apreensão de vários petrechos de pesca considerados proibidos, além de notificação a pescadores pegos em flagrante praticando irregularidade.

 

Fiscais da regional do Instituto Água e Terra (IAT) de Curitiba realizaram de quinta-feira a segunda (11 a 15) uma operação para coibir a pesca ilegal na Represa Capivari Cachoeira, nos municípios de Campina Grande do Sul e Bocaiúva do Sul.

A ação contou com o apoio das estruturas da Copel e do Batalhão da Polícia Ambiental. Durante os cinco dias de fiscalização ambiental foram realizadas diversas abordagens a pescadores, acampamentos e embarcações. Além de buscar materiais que configuram a pesca predatória, a equipe realizou ação de conscientização e educação ambiental.  

“O destaque fica por conta do relato da grande maioria dos pescadores abordados, que reconhecem a importante atuação do órgão ambiental estadual para coibir a pesca predatória e demais infrações ambientais”, comenta o chefe regional do IAT de Curitiba, Luiz Fornazzari Neto. “Isso favorece um ambiente tranquilo, saudável e equilibrado para o meio ambiente e para aqueles que buscam nesse tipo de lazer uma atividade benéfica e consciente”, conclui.

RESULTADO - Foram apreendidos vários apetrechos considerados proibidos, como redes de diversas malhas e tamanhos, tarrafas e espinheis. Os abordados flagrados em situação de irregularidade, além de ter seu material apreendido, foram notificados e poderão ainda responder administrativa e criminalmente, conforme enquadramento previsto na lei federal de crimes ambientais nº 9605/98.

 

Saiba mais sobre o trabalho da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo em:
www.facebook.com/desenvolvimentosustentaveleturismo/

Últimas Notícias